Cadeira de Tesoura

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Domínio: Competências no âmbito de processos e técnicas tradicionais

Categoria: Atividades transformadoras

Em Monchique, o amieiro está presente nas proximidades dos cursos de água da região e a madeira, por ser mais leve, é utilizada no fabrico das típicas cadeiras de tesoura.

A designação desta peça de mobiliário deriva do facto de abrir e fechar lembrando o movimento de uma tesoura.O processo de fabrico ainda assenta em modelos tradicionais, mas os artesãos já recorrem a algumas máquinas elétricas, sobretudo no corte e serração da madeira. Em tempos idos, eram os próprios artesãos que cortavam a madeira e a transportavam para as suas oficinas com o auxílio de animais e, mais tarde, com recurso a tratores ou máquinas. Atualmente, os artesãos já compram a madeira diretamente aos proprietários das ribeiras ou às serrações e só nas respetivas oficinas é que dão seguimento à montagem da cadeira. Todas as peças que constituem a cadeira são feitas a partir de moldes previamente produzidos pelos artesãos, cujo tamanho e formato é variável consoante o tipo de peça pretendida.

Detentores

Ficha

Vídeo

Programa de rádio – TSF